Home / TECH / A DISPUTA PELO 5 G

A DISPUTA PELO 5 G

O BRASIL COMEÇA A RESOLVER AS PENDÊNCIAS QUE EMPURRARAM O LEILÃO DA FREQUÊNCIA 5G PARA 2021 OPERADORAS JÁ TESTAM A TECNOLOGIA NO PAÍS

Os poucos começam a ser desatados os nós que impediam a implantação do 5G no Brasil. Considerada uma REVOLUÇÃO nas telecomunicações já começou a ser testada peles operadoras de telefonia no País. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) também retomou os testes paralisados na pandemia e já prevê que o leilão da nova frequência aconteça no primeiro trimestre de 2021.

Caso isso, começa ser definida a entrada definitiva do Brasil na nova era da ultravelocidade, que pode superar a atual em até 100 vezes e vai conectar, além das pessoas, sistemas e equipamentos da chamada Internet das Coisas.

O leilão das faixas deveria ter acontecido em 2019. Esse atraso adiou investimentos direto das operadoras, que são estimadas em R$ 8 bilhões. Um imbróglio que afetava o planejamento das empresas do setor e que pode agora se resolver, diz respeito a operadora Oi, que está em recuperação judicial e precisa solucionar endividamento na casa dos R$ 60 bilhões. Na última semana, as rivais Telefônica, Claro e TIM se uniram para fazer uma oferta pela área de serviço móveis da operadora, avaliada em R$ 15 bilhões, o que ainda depende do Cade.

O 5G VAI PERMITIR UM SALTO PARA O BRASIL: NO AGRONEGÓCIO, NA INDÚSTRIA 4.0 E NA CONEXÃO DE DISPOSITIVOS

Outra pendência diz respeito à participação, ou não, da chinesa Hawei no fornecimento da infraestrutura. Os EUA continuam fazendo campanha contra a empresa chinesa, alegando falta de segurança industrial. Os americanos já convenceram até os britânicos a eliminar a Hawei de sua expansão no processo do 5G. Aqui há dúvidas se o presidente Jair Bolsonaro vai trilhar o mesmo caminho.

OPERADORAS LANÇAM 5G DSS

Sem definições oficiais e vendo tráfego crescer na pandemia, operadoras lançaram o 5G DSS, serviço adaptado a frequência do 4G, enquanto o 5G não está disponível. Como uma estrada, ela conta com várias faixas, mas já está congestionada. Por isso, os serviços oferecidos são limitados. Com a aceleração da digitalização na crise, as operadoras precisam do 5G, ajudando no ganho da produtividade e até na recuperação econômica.

Até 2025, na América Latina deve ter 53 bilhões de conexões em 5G, sendo que o Brasil responderá por 40% desse volume, segundos dados da GSMA, entidade que reúne as operadoras em todo mundo.

About jrlaborao

Check Also

Waymo tests free wi-fi in stand-alone taxis in the USA

The Waymo , company that also belongs to the owner of Google is testing free wi-fi in their autonomous taxis running …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *